Apresentação

Evento no mpus

O Instituto Federal de Goiás adotou a sigla Secitec à Semana de Ciência e Tecnologia, que ocorre de forma descentralizada nos Câmpus. A primeira edição no Câmpus Luziânia realizou-se em 2010 e desde então vem ocorrendo anualmente de forma a difundir conhecimento, integrar a instituição com a sociedade e permitir a troca de experiências entre as unidades de ensino do IFG, estudantes, servidores, e o público em geral. O evento esse ano ocorrerá nos dias 19 e 20 de outubro das 7h às 21h30.

Nesta edição, a Secitec compreenderá também a II Semana dos Cursos Superiores (SECURSU), que se constituirá em um importante espaço de reflexão das demandas e políticas referente aos Cursos Superiores. Serão realizadas atividades diversas, como minicursos, palestras, exposições, experimentos e atividades culturais, guiando-se pela temática nacional.

As atividades serão gratuitas e abertas para toda comunidade, sendo necessária inscrição prévia pelo blog oficial da Secitec. Como a programação está em fase de conclusão, acompanhem o blog para mais informações.

Além disso, os alunos da instituição farão uma visita técnica no dia 21 de outubro à Feira da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNTC), em Brasília.

SNCT 2015

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNTC) foi criada em 2004 com o Decreto Nº 5.101 e é coordenada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, em colaboração com diversas instituições, dentre elas o Instituto Federal de Goiás. O evento ocorre sempre no mês de outubro e visa aproximar a sociedade da Ciência e Tecnologia. O tema desse ano será: “Luz, Ciência e Vida”, baseando-se na escolha da Assembleia das Nações Unidas de 2015 como o Ano Internacional da Luz.

Sobre a Secursu

A situação complexa que constitui a função (ou mesmo funções) das Instituições de Ensino Superior nos tempos atuais têm como principal fundamento e também maior desafio, a produção do conhecimento, nas mais diversas áreas do saber. Nesse sentido, a Semana dos Cursos Superiores (Secursu) constitui-se como um momento importante de reflexão, formação e troca de experiências para a comunidade acadêmica a partir da realização de palestras, oficinas e apresentação de trabalhos por professores e alunos.

Destaca-se a importância de articular os saberes produzidos pela formação tecnológica e da licenciatura como possibilidade de intervenção e transformação da realidade social e profissional do município. Assim, os trabalhos apresentados pelos alunos sob a orientação de seus professores apontam para propostas de intervenção no sentido de oferecer soluções que tragam benefícios à população, mas também indiquem possibilidades de atuação do professor em sala de aula por meio de experimentos e práticas de ensino desenvolvidas a partir do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Apoio